8

"...Permaneceu firme como quem vê aquele que é invisível." Hebreus 11.27

domingo, 26 de setembro de 2010.

Devemos aprender a andar com Deus no dia-a-dia como Moisés andou! "...Porque tu estás comigo." Eu não O vejo, não sinto a Sua presença, mas pela fé sei que Ele está comigo. Muitos cristãos não conhecem o andar com Deus. O motivo não é o cansaço exterior, mas, bem pelo contrário, o cansaço interior. Quando um filho de Deus se resigna interiormente e se cansa, já não acompanha mais os passos de Deus porque Ele seguiu adiante. Aquele que se cansou e se tornou negligente em seu coração, perde a graça que Deus quer lhe dar diariamente. Mas a última frase de Isaías 40 diz: "...caminham e não se fatigam." O que você deve fazer contra esse cansaço que destrói seu andar com Deus? Isaías 40.31 nos dá a resposta: "...os que esperam no Senhor renovam as suas forças..." Você não ficará cansado se aprender a perseverar no Senhor! Esse perseverar no Senhor se expressa por meio de uma vida de fé intensiva. Deus cumpre a Sua palavra; Ele quer regenerar as suas forças esgotadas. Ele permite que você ande ao Seu lado e não se canse se você o desejar de todo o coração.
Leia Mais...
2

"Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida." 1 João 5.12

quinta-feira, 23 de setembro de 2010.

O fato de uma pessoa ser nascida de novo é impossível esconder, pois Jesus diz: "Pelos seus frutos os conhecereis." Se você é apenas cristão nominal, esses frutos não existem. Se você é cristão apenas de nome, você tem vergonha de confessar a Jesus, e, quando for o caso, escolhe o caminho da menor oposição. "Não se fala sobre isso", diz-se. Naturalmente, não se fala, pois como se pode falar de uma nova vida, como se pode testemunhar de Jesus, se a gente mesmo não tem essa experiência? Reflita um momento: você é de fato um renascido ou é apenas um oportunista? Aquele que é renascido verdadeiramente tem que ser uma testemunha de Jesus, pois recebeu ao Senhor como Aquele que carregou seus pecados. Jesus é revelado por palavras e por atos através de toda a vida de um renascido. Como isso pode acontecer? Porque o próprio Jesus mora no coração dessa pessoa pelo Seu Espírito. Talvez agora você argumente: "Mas eu conheço ‘crentes’, cujos atos falam tão alto, que eu não quero ouvir suas palavras". Infelizmente você tem razão. Porém estes ‘crentes’ um dia terão que prestar contas diante do trono de Deus. Mas isso muda a sua própria situação? De que serve o seu ‘cristianismo’ se você não vem a Jesus hoje, se não ousa decidir-se por Jesus pela fé?
Leia Mais...
3

"Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus." João 3.3

terça-feira, 21 de setembro de 2010.

Existem cristãos e cristãos: cristãos verdadeiros e cristãos nominais. Satanás, o inimigo das almas humanas, é o grande atrapalhador. Ele gosta de criar confusão, especialmente quando se trata de questões vitais. Posso imaginar muito bem que uma pessoa que ainda não conhece a Jesus como o seu Salvador diga: "Cada um deve escolher o caminho da salvação. Existem tantas igrejas e congregações, tantas seitas e grupos religiosos diferentes que nem se consegue saber quem fala a verdade e quem mente." Esta é a tática do inimigo, que não quer que você também obtenha a feliz certeza da salvação. Mas num ponto certamente estamos de pleno acordo, ou seja, que Jesus Cristo, o Filho do Deus vivo, não pode mentir! Ele reivindica ser a verdade! Você crê nisso? Você diz: "Perdi minha confiança nas pessoas." De fato, você não é o primeiro. Você guarda rancor contra certas pessoas que o desapontaram. Mas o que você tem contra Jesus, o Filho de Deus, que por sua causa deixou Sua glória, se tornou homem, e morreu, derramando Seu sangue na cruz? Ele quer que você também possa ver o reino de Deus!
Leia Mais...
1

"Não é a minha palavra fogo, diz o Senhor, e martelo que esmiúça a penha?" Jeremias 23.29

segunda-feira, 20 de setembro de 2010.

O que é o fogo? É a Palavra de Deus, que vive e arde em nós. O fogo também é uma representação dos sofrimentos do Cordeiro. Nós também somos conduzidos através daquilo que Jesus passou e sofreu. Este é o caminho da humilhação. Jesus se humilhou tanto que até assumiu a forma de servo. Por isso, Deus Lhe deu um nome que está acima de todo nome. O fogo é um fogo purificador que cai sobre nós por meio da entrega total e voluntária: "...para que o valor da vossa fé, uma vez confirmado, muito mais precioso do que ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo."

Através da vinda do próprio Senhor Jesus teremos nossa última purificação. Todas as nossas obras passarão pelo fogo quando estivermos diante do Tribunal de Cristo, e então se queimará tudo que for terreno, passageiro, tudo que for pecaminoso. Apenas permanecerá o holocausto – a entrega total – aquilo que não é consumido pelo fogo, aquilo que para o Senhor é "ouro, prata, pedras preciosas".
Leia Mais...
6

"Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos." Zacarias 4.6

sábado, 18 de setembro de 2010.
"Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos." Zacarias 4.6

Toda a Bíblia está repleta de testemunhos de pessoas que se humilharam, que deixaram de lado a sua glória e seguiram o caminho da renúncia. Se você quer continuar ardente em seu amor a Jesus, então renuncie à sua glória própria! "Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus." O fogo do Espírito Santo começa a iluminar, a aquecer e a queimar assim que um pecador se humilha como Jesus se humilhou e se esvaziou de si mesmo. Sansão, um personagem do Antigo Testamento, é um exemplo disso. Ele se humilhou diante dos seus inimigos, e, em Juízes 16.28, escutamos irromper seu grito que brotava de um coração arrependido: "Senhor Deus, peço-te que te lembres de mim, e dá-me força só esta vez." Nessas escassas palavras, Sansão se humilha da sua incapacidade, do seu fracasso e do seu pecado. E eis que, naquele momento, é revelado o Cordeiro que morreu e que venceu a morte. A vitória do Senhor por meio de Sansão se tornou a mais gloriosa, quando, em arrependimento, ele se despiu da sua última glória. Essa obediência de se esvaziar de si mesmo, que se manifestou profeticamente em Sansão na presença do poder do inimigo, faz arder o fogo do Espírito Santo.
Leia Mais...
2

"Eu vim para lançar fogo sobre a terra e bem quisera que já estivesse a arder." Lucas 12.49

sexta-feira, 17 de setembro de 2010.

"Eu vim para lançar fogo sobre a terra e bem quisera que já estivesse a arder." Lucas 12.49

Quem é Jesus? Ele é o Cordeiro de Deus, o holocausto perfeito, o bom Pastor. Ele é a porta, o caminho para o Pai.

Como foi Jesus? Pedro disse que Ele era puro, imaculado e inocente; Paulo testifica que Jesus não conheceu pecado. Mas o anseio íntimo pelo fogo que deveria arder não foi despertado unicamente pela pureza e inocência de Jesus. Muitos sabem que foram purificados pelo sangue do Salvador e justificados pelo nome do Senhor Jesus. Mas este fato não acende o fogo do Espírito Santo – e assim chegamos a uma outra pergunta importante:

Como viveu Jesus? Em obediência! "...A si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte, e morte de cruz." Aqui já nos aproximamos do mistério do fogo que arde sempre, a revelação da Sua missão: "Eu vim para lançar fogo sobre a terra e bem quisera que já estivesse a arder." Ele conhece o caminho para isso e diz: "Tenho, porém, um batismo com o qual hei de ser batizado; e quanto me angustio até que o mesmo se realize." Jesus se despiu da Sua glória legítima para que por meio dEle pudesse ser aceso o fogo sobre a terra!
Leia Mais...
6

"Porque, de fato foi crucificado em fraqueza, contudo vive pelo poder de Deus." 2 Coríntios 13.4

quarta-feira, 15 de setembro de 2010.

"Porque, de fato foi crucificado em fraqueza, contudo vive pelo poder de Deus." 2 Coríntios 13.4

Jesus é chamado Cordeiro de Deus a fim de nos desvendar a natureza da Sua vitória. Pois a vitória de Jesus é a vitória do Cordeiro. Ele a conquistou excluindo quaisquer esforços humanos, pois Ele "foi crucificado em fraqueza." Por isso é tão poderosa a exclamação de João Batista, mesmo em sua aparente contradição: "Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!" O mais fraco realizou o feito mais grandioso! O quanto Jesus já estava fraco vemos quando caiu sob o peso da cruz. Mas quando estava dependurado nela, começou a maior revelação de poder de todos os tempos diante do mundo invisível, espantado e trêmulo: o Cordeiro de Deus carregou o pecado do mundo. Que força tão grande capacitou o Cordeiro fraco a carregar o pecado do mundo inteiro? Eis aqui a resposta: o amor de Deus pelo mundo todo estava por trás. Não está escrito: ‘Eis o Cordeiro’, mas: "Eis o Cordeiro de Deus." O Cordeiro é capacitado – pelo poder do amor de Deus – a consumar o que tem valor eterno: tirar o pecado e a culpa de todos os homens. E aquela pessoa que, agora, segue o Cordeiro, experimenta exatamente a mesma coisa: na maior fraqueza consegue realizar o que é mais difícil. Nesse sentido, uma passagem da Bíblia adquire o maior significado: "...o poder se aperfeiçoa na fraqueza."
Leia Mais...
0

"Foi levado como ovelha ao matadouro; e como um cordeiro, mudo perante o seu tosquiador, assim ele não abre a sua boca." Atos 8.32

terça-feira, 14 de setembro de 2010.
Jesus é chamado Cordeiro a fim de revelar Sua natureza ao mundo. Um cordeiro representa inocência e pureza. Jesus é verdadeiro homem em todas as coisas: "...antes foi ele tentado em todas as cousas, à nossa semelhança, mas sem pecado." Que de fato Ele se tornou um homem de carne e sangue como todos os outros, isso reconhecemos na revelação da Sua profunda humanidade: derramou lágrimas, teve fome, teve sede, se sentiu cansado, foi tentado por Satanás – mas não pecou! Por isso Ele é chamado Cordeiro de Deus. Porque Jesus era puro, Seu sangue – única e exclusivamente Seu sangue purifica de todo pecado.

Ele é chamado Cordeiro de Deus a fim de nos mostrar o Seu caminho. Ele veio a esta terra com a clara finalidade dada por Deus de morrer pelos nossos pecados: "Digno é o Cordeiro, que foi morto." Ele não foi surpreendido pela Sua execução, mas disse com santa firmeza: "...precisamente com este propósito vim para esta hora." Ele entregou Sua vida voluntariamente, e com isso, revelou Sua índole como cordeiro, que pressente e sabe quando será morto.
Leia Mais...
3

"Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!" João 1.29

segunda-feira, 13 de setembro de 2010.

Aquele que compreende o pleno significado destas palavras conhece o caminho para a vida eterna. O Cordeiro de Deus é o centro da mensagem bíblica. E em toda a Bíblia encontramos o Cordeiro, o cordeiro perfeito: "Pôs Abraão à parte sete cordeiras do rebanho." Sete é o número da perfeição divina. As sete cordeiras de Abraão apontam para o dom perfeito de Deus, Seu Filho, o Cordeiro.

Davi e toda a congregação ofereceram mil cordeiros ao Senhor. Essa quantia nos leva ao número 10 (10 x 10 x 10). Nas Escrituras, o número dez é um símbolo de toda a humanidade. Jesus, o Cordeiro que carregou os pecados de todo o mundo, também é o Cordeiro para cada pobre pecador. Como já foi dito, Ele não é somente o Cordeiro para todo o mundo, mas também para você, que tem consciência da própria miséria e perdição. João Batista pregou arrependimento para perdão dos pecados a uma grande multidão. E então veio a plenitude dos tempos naquele dia, quando, de repente, ele se deteve, apontando para um homem no meio da multidão que estava escutando atentamente. Todos olhavam para ele, e João exclamou: "Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!"
Leia Mais...
1

"Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar; resisti-lhe firmes na fé..

domingo, 12 de setembro de 2010.

Devemos ver claramente que estamos organicamente enxertados em Israel (Rm 11.17-22). Esta também é a razão dos muitos ataques do inimigo a essa nação. Israel é a parte do povo de Deus que aparece visivelmente, e a Igreja de Jesus é o reverso, por assim dizer, o lado interior. Por isso também temos o mesmo inimigo e temos a mesma luta! Isso significa na prática: o mesmo inimigo que quer destruir a Israel fisicamente e não conhece misericórdia também quer destruir espiritualmente a nós, filhos de Deus. Sua tática astuta ataca os nossos olhos, para que vejamos pecado. Ele quer semear pecado, pensamentos pecaminosos em nosso coração. As Escrituras dizem: "...guarda o teu coração." Permita que a Palavra de Deus permaneça em seu coração! Satanás quer dominar os seus pensamentos, mas lembre-se do seu supremo Comandante e Salvador Jesus Cristo. O inimigo quer que você comece a falar coisas negativas, mas a Palavra de Deus lhe exorta a calar: "...quem quer amar a vida e ver dias felizes, refreie a sua língua do mal e evite que os seus lábios falem dolosamente." Hoje em dia muitos caem, mas queremos tomar a ofensiva e atacar em nome de Jesus, pois justamente nesse tempo do fim ainda há muito terreno a conquistar!
Leia Mais...
6

"Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e, sim, poderosas em Deus, para destruir fortalezas..." 2 Coríntios 10.4

sábado, 11 de setembro de 2010.

Tudo depende do ponto de vista! Josué tinha a visão desanimadora de Jericó diante de si, mas levantou seus olhos para cima: "...eis que se achava em pé diante dele um homem que trazia na mão uma espada." Tendo esse encontro com o Vencedor, Josué ganhou a batalha contra Jericó. Essa foi uma verdadeira vitória pela fé. A tática do povo de Israel simplesmente consistiu em obedecer à estratégia proposta por Deus. A maneira de lutar de Deus foi e continua sendo totalmente ilógica para a compreensão humana. Israel não pelejou contra Jericó, mas cercou o inimigo com a presença de Deus. O segredo da vitória foi o conhecimento de Deus, a presença do Senhor, pois eles carregavam a arca do Senhor consigo. A oração, cercando o inimigo com a presença do Senhor, fez com que o poder do inimigo desmoronasse. Da parte de Deus, tudo já havia acontecido. A presença de Deus foi suficiente para a vitória naquela ocasião, e continua sendo suficiente hoje também! Esse é o segredo do nosso Estrategista celestial. Tudo já está consumado! A vitória é nossa, e essa certeza nos fortalece no combate da fé.
Leia Mais...
2

E, para que não me ensoberbecesse com a grandeza das revelações, foi-me posto um espinho na carne, mensageiro de Satanás, para me esbofetear, a fim de

sexta-feira, 10 de setembro de 2010.

Um outro tipo de tática inimiga de Satanás é o ataque frontal e direto ao corpo, alma e espírito dos filhos de Deus. A guerra avança em todas as fronteiras. Paulo, como servo do Senhor, também conheceu isso. O ataque contínuo de Satanás ao seu corpo também havia afetado seu espírito e sua alma. Que contra-tática devemos usar quando o inimigo nos confronta dessa maneira? Como devemos nos comportar nesse caso? Nossa tática contrária deve ser não contra-atacar, mas consultar nosso supremo Comandante Jesus Cristo. Paulo fez exatamente isso. Quando ele via outros que estavam sendo afligidos por Satanás, ele ordenava que o inimigo se afastasse em nome de Jesus. Mas quando ele próprio era atacado, recorria ao Senhor: "Por causa disto três vezes pedi ao Senhor que o afastasse de mim." E eis que o Senhor Jesus Cristo, o maior estrategista, fez a maravilha: Ele abriu as fontes da graça ao seu servo e disse: "A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza." Dessa maneira, a tática ofensiva do inimigo nada conseguiu na vida de Paulo.
Leia Mais...
2

"E não é de admirar; porque o próprio Satanás se transforma em anjo de luz." 2 Coríntios 11.14

quinta-feira, 9 de setembro de 2010.

O Cordeiro venceu Satanás na cruz do Calvário. Não por força ou poder, mas pelo Seu Espírito, pela Sua natureza. Esta é a estratégia de Jesus Cristo.

A tática mais freqüente do inimigo é o disfarce refinado. Ele se transforma em anjo de luz, e bem dessa maneira ele hoje se assenta na igreja de Jesus. Isso significa a eliminação da cruz. Quando os crentes são filhos do mundo, e os filhos do mundo são ‘crentes’, não existe mais separação. Que tática vamos usar contra o inimigo? Exatamente o contrário da sua: em vez de disfarce e mentira, a verdade! Examinemos a armadura de Deus: "Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade, e vestindo-vos da couraça da justiça." A verdade sempre desmascara a mentira! Se nos disfarçamos para encontrar nosso próximo, quer dizer, se usamos de falta de sinceridade, a confissão dos nossos lábios em relação ao nosso Senhor não tem força porque nossos corações mentem. Este é o terrível espírito do piedoso disfarce na igreja de Jesus: os pecados são cobertos, camuflados, e a inimizade da cruz é embrulhada piedosamente. Mas assim mesmo Jesus é vencedor, e a verdade prevalecerá! Por isso, cingi vossos lombos com a verdade!
Leia Mais...
3

"Por isso restabelecei as mãos descaídas e os joelhos trôpegos; e fazei caminhos retos para os vossos pés, para que não se extravie o que é manco, ant

quarta-feira, 8 de setembro de 2010.

A tática do combate da fé requer a execução das ordens do Comandante nos mínimos detalhes: marcha, instrução, segurança e abrigo. Como filhos de Deus, nunca devemos retroceder, mas sempre seguir em frente. Também não devemos nos dar ao luxo de um cessar-fogo; devemos ter sempre a bandeira desfraldada. Instrução significa conhecer os intentos do inimigo. Para quê? "...Para que Satanás não alcance vantagem sobre nós, pois não lhe ignoramos os desígnios." Só pode ser um soldado de Jesus Cristo aquele que entregou sua vontade própria incondicionalmente a Ele: "...e eu não fui rebelde, não me retraí." Aquele que, como Paulo, anda em absoluta obediência a Jesus Cristo, este também reconhece a realidade e a tática do inimigo. Isso Paulo tem em mente quando diz: "...pois não lhe ignoramos os desígnios (de Satanás)." Paulo conhecia a astúcia do inimigo, mas ele também conhecia a vitória de Jesus. Por isso, ele foi vitorioso no combate da fé e, no fim da sua vida, olhando para trás, podia testificar: "Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé."
Leia Mais...
1

"Graças a Deus que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo." 1 Coríntios 15.57

terça-feira, 7 de setembro de 2010.

Qual é a estratégia que nos é prescrita no combate da fé? Em sentido direto não é uma questão nossa, mas a causa do Supremo Comandante. E nosso Comandante é Jesus Cristo, como também está escrito: "O Senhor é homem de guerra; Senhor é o seu nome." Mas agora surge a pergunta: estamos em guerra? Sim, como crentes estamos envolvidos numa guerra de vida ou morte. A ignorância de muitos filhos de Deus a esse respeito é assustadora. Mas tenhamos esse fato claramente diante de nós: discipulado de Jesus significa sacrifício no serviço militar mais difícil e ao mesmo tempo mais triunfante. Infelizmente muitos filhos de Deus não reconhecem que essa luta lhes é ordenada, embora a Palavra de Deus diga claramente: "...desembaraçando-nos de todo peso, e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos com perseverança a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para... Jesus..." Portanto, repito: o discipulado de Jesus não é brincar de guerra, mas travar duros combates. De fato, lidamos com inimigos invisíveis, mas mesmo assim fortes e reais. Mas Jesus é vencedor!
Leia Mais...
2

"Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as cil

segunda-feira, 6 de setembro de 2010.

Somos exortados a combater "o bom combate da fé." Mas não sejamos presunçosos pensando que é nossa a fé pela qual lutamos, mas lutamos na fé do nosso Senhor Jesus. Isso também Paulo nos diz claramente: "...e esse viver que agora tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus." Jesus Cristo é o dom inefável de Deus para nós, e nEle e por meio dEle Deus nos deu a fé, a Sua fé. As Escrituras dizem que Ele é o Autor e Consumador da fé. Por esse motivo, ninguém pode se gloriar que tenha fé forte e firme, mas aquele que se gloria, glorie-se por conhecer o Senhor. Por isso, dê graças a Deus por Ele, em Sua inescrutável graça, ter lhe dado Jesus, e com Ele todas as coisas. Aquele que aceitou a Jesus pode jubilar como Paulo: "...porventura não nos dará graciosamente com ele todas as cousas?"
Leia Mais...
2

"Crês tu no Filho do homem? Ele respondeu, e disse: Quem é, Senhor, para que eu nele creia?" João 9.35-36

domingo, 5 de setembro de 2010.

Jesus ajuda aqueles que não têm capacidade de encontrá-lO, os que O procuraram, mas sem sucesso. Lembremos aqui do cego de nascença que havia procurado o Filho de Deus. Sabemos de sua procura através da resposta que ele deu à pergunta do Senhor Jesus: "Quem é, Senhor, para que eu nele creia?" E você, que procura a Jesus: se você ainda não O encontrou, ainda não experimentou a Sua ajuda, ouça a promessa: "...o que busca, encontra." Só Jesus pode lhe ajudar! Quando o cego de nascença encontrou a Jesus, a causa mais profunda de sua cegueira foi desvendada pelo Senhor: "Dito isso, cuspiu na terra e, tendo feito lodo com a saliva, aplicou-o aos olhos do cego, dizendo-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que quer dizer Enviado). Ele foi, lavou-se, e voltou vendo." Aqui causa e efeito, impureza e cegueira estão juntos. A causa da sua cegueira interior é a impureza do pecado em você. Só Jesus pode lhe ajudar! Assim como este cego de nascença, deixe-se convencer da sua impureza, e esteja disposto a atacar a raiz de todo esse mal.
Leia Mais...
2

"Senhor, tu sabes todas as cousas, tu sabes que eu te amo." João 21.17

sábado, 4 de setembro de 2010.

Jesus também ajuda os desqualificados, quer dizer, aqueles que se sentem jogados no caminho da morte. Pedro foi um destes desqualificados. Ele havia fracassado miseravelmente negando seu Senhor com um juramento diante das perguntas de uma serva. Quando, depois da ressurreição de Jesus, ele disse aos seus co-discípulos: "Vou pescar...", reconhece-se a sua resignação, pois, em outras palavras, ele estava dizendo: "Não adianta nada, eu fracassei no meu discipulado!" Ele se sentiu posto de lado, se sentiu um fracassado. Mas até na sua antiga profissão não havia mais bênção, pois lemos no fim do mesmo versículo: "...e naquela noite nada apanharam." Naquele momento, ele se sentiu totalmente posto de lado. Mas Jesus ajuda aos que foram postos de lado, aos desqualificados: "Mas ao clarear da madrugada, estava Jesus na praia." E sabemos como Ele ajudou ao encalhado Pedro: Jesus tocou naquele ponto do seu íntimo que fez com que Pedro exclamasse do fundo do seu coração: "Senhor, tu sabes todas as cousas, tu sabes que eu te amo." E com você, também tudo, simplesmente tudo falhou, tudo foi mal? Só Jesus pode lhe ajudar, e Ele quer lhe ajudar neste instante!
Leia Mais...
3

"Pois naquilo que ele mesmo sofreu, tendo sido tentado, é poderoso para socorrer os que são tentados." Hebreus 2.18

sexta-feira, 3 de setembro de 2010.

Você está desanimado? Somente Jesus pode lhe ajudar, pois Ele, o Rei dos reis, a Majestade suprema, identificou-se com você no seu desânimo, pois Ele mesmo passou por isso.

Você está solitário? Somente Jesus pode lhe ajudar, porque Ele se identificou com você na sua solidão. Ele foi abandonado pelos seus melhores amigos.

Você acha que as suas tentações são pesadas demais? Novamente só Jesus pode lhe ajudar, porque Ele se identificou com as suas tentações. Ele conhece os piores desafios que se aproximam de você, e Ele tem compaixão, não como um estranho, mas como alguém que viveu e sofreu muito mais profundamente, e que acima de tudo venceu!

Só Jesus pode lhe ajudar porque Ele se identificou com você em sua vergonha. Em sua vida há pecados escondidos, pelos quais você se envergonharia até à morte se fossem revelados? Mas Jesus foi até o extremo, Ele se identificou com você em sua vergonha: "...suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia..."
Leia Mais...
0

"Por isso mesmo convinha que, em todas as cousas, se tornasse semelhante aos irmãos, para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote nas cousas referent

quinta-feira, 2 de setembro de 2010.

Hoje em dia, muitos, em seu desespero, buscam ajuda nas mais diversas fontes. Alguns lutam por segurança na sua instabilidade. Doentes mentais procuram ajuda com o psiquiatra, mas não encontram a ajuda verdadeira. E por que não? Porque ajuda exterior não traz ajuda interior! Seu problema não é exterior, mas interior, no seu coração, e por isso somente Jesus pode lhe ajudar! Ele pode ajudar porque se tornou semelhante a você e a mim. Pois Ele se identificou interiormente com o seu pecado: "Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus." Isto quer dizer que Jesus Cristo, na cruz do Calvário, se identificou completamente com os nossos pecados, com a nossa natureza corrupta.

Você tem medo da morte? O Senhor Jesus se identifica com o seu medo da morte, pois, ao morrer, Ele, o Eterno, tomou o poder da morte daquele que o possuía, ou seja, o diabo. Por isso: somente Jesus pode lhe ajudar!
Leia Mais...
1

"...Mas vós vos lavastes, mas fostes santificados, mas fostes justificados, em o nome do Senhor Jesus Cristo e no Espírito do nosso Deus." 1 Coríntios

quarta-feira, 1 de setembro de 2010.
A pessoa que aceitou a Jesus é, através do novo nascimento, pura e justa diante do Senhor. Mas o mesmo Paulo que escreveu as palavras acima também diz: "Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem nenhum." Isso não é uma contradição? Não! Paulo enfatiza em 2 Coríntios 4.7: "...para que a excelência do poder seja de Deus e não de nós." Como filhos de Deus, vivemos constantemente neste campo de tensão. Por um lado, somos confrontados diariamente com o fato de que em nós não há bem nenhum. Por outro lado, está à nossa disposição o superabundante poder de Deus. Mas como este poder de Deus se torna ativo em nossa vida? Por meio da obediência pela fé. Quanto mais somos tentados e na tentação confirmamos a vitória do Senhor em nossas vidas por fé e obediência, mais o Senhor é louvado e glorificado. Caso contrário, como poderíamos experimentar a realidade da vitória de Jesus se a presença do pecado estivesse afastada de nós? Mas, apesar da carne pecaminosa, jubilamos diante do inimigo: "Graças a Deus que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo." Este é o verdadeiro combate da fé – quem dele participa um dia será coroado!
Leia Mais...

videos de louvor

 
MUNDO GOSPEL © Copyright 2010 | Design By Gothic Darkness |